• A.V. Redação

PANDEMIA: Bahia chega a 1.105 mortes por Covid-19 e nº de infectados é maior que 36,4 mil.

Boletim deste domingo (14) contabiliza 603 novos casos. Do número geral de infectados, 5.162 são profissionais da saúde.


Ambulatório de hospital em Salvador — Foto: Secom/Governo da Bahia



A Bahia chegou a 1.105 mortes por Covid-19. O estado registrou, neste domingo (14), mais 603 casos de pacientes infectados pelo novo coronavírus, segundo o boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

Com a atualização dos dados, a Bahia totaliza 36.401 casos confirmados de Covid-19. Do total de pacientes infectados, 15.486 estão recuperados. [Confira a lista de óbitos do boletim deste sábado ao final desta matéria]. Ainda no boletim, a Sesab aponta que 19.810 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 5.162 profissionais da saúde testaram positivo para a doença. Os casos confirmados ocorreram em 357 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (54,97%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 de habitantes foram Itajuípe (9.516,37), Ipiaú (8.872,32), São José da Vitória ( 8.485,06), Uruçuca (8.236,27) e Salvador (8.236,27). O boletim epidemiológico ainda registra 71.532 casos descartados e 81.601 em investigação em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 16h deste sábado. Taxa de ocupação Ainda no boletim deste sábado, a Sesab informou que, dos 2.082 leitos disponíveis do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.298 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 62%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 866 leitos exclusivos para o coronavírus, 665 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 77%. A pasta ressaltou que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito. Confira a lista de óbitos contabilizados no boletim epidemiológico deste domingo (14):

  • 1070º óbito – homem, 61 anos, residente em Camaçari, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Sem informação acerca da data de admissão no hospital, veio a óbito dia 30/05, em hospital da rede pública, em Guamaré, Rio Grande do Norte;

  • 1071º óbito – homem, 31 anos, residente em Eunápolis, sem comorbidades. Internado dia 03/06, veio a óbito dia 04/06 em hospital da rede pública, em Eunápolis;

  • 1072º óbito – homem, 83 anos, residente em Salvador, sem informações sobre a existência de comorbidades. Internado dia 01/06, veio a óbito dia 06/06, em hospital militar federal, em Salvador;

  • 1073º óbito – mulher, 68 anos, residente Lauro de Freitas, portadora de neoplasia. Internada dia 24/05, veio a óbito dia 29/05, em hospital da rede particular, em Salvador;

  • 1074º óbito – mulher, 59 anos, residente em Simões Filho, sem comorbidades. Sem informação sobre a data de internação, veio a óbito dia 31/05, em hospital da rede pública, em Simões Filho;

  • 1075º óbito – homem,78 anos, residente em Candeias, portador de doença renal crônica. Internado dia 03/06, veio a óbito dia 06/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

  • 1076º óbito – homem, 80 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Internado dia 23/05, veio a óbito dia 31/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

  • 1077 óbito – mulher, 79 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Sem informação acerca da data de internação, veio a óbito dia 03/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

  • 1078º óbito – mulher, 44 anos, residente em Lauro de Freitas, sem informações acerca de comorbidades. Internada dia 31/05, veio a óbito dia 01/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

  • 1079º óbito – homem, 98 anos, residente em João Dourado, sem comorbidades. Não foi internado e veio a óbito dia 08/06, em seu domicílio, em João Dourado;

  • 1080º óbito – homem, 37 anos, residente em Feira de Santana, portador de diabetes mellitus. Internado dia 07/06, veio a óbito dia 12/06, em hospital da rede pública, em Feira de Santana;

  • 1081º óbito – homem, 72 anos, residente em Simões Filho, sem informações acerca de comorbidades. Sem data informada de internação, veio a óbito dia 29/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

  • 1082º óbito – homem, 83 anos, residente em Caculé, portador de hipertensão arterial. Internado dia 14/05, veio a óbito dia28/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

  • 1083º óbito – homem, 58 anos, residente em Salvador, portador de doença renal crônica. Internado dia 19/05, veio a óbito dia 26/05, em hospital da rede pública, em Salvador;

  • 1084º óbito – homem, 67 anos, residente em Miguel Calmon, sem informações acerca de comorbidades. Sem informação sobre a data de internação, veio a óbito dia 04/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

  • 1085º óbito – mulher, 89 anos, residente em Feira de Santana, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 04/06 e veio a óbito dia 11/06, em unidade da rede pública, em Feira de Santana;

  • 1086º óbito – homem, 56 anos, residente em Candeias, portador de hipertensão arterial e diabetes mellitus. Internado dia 28/05, veio a óbito no mesmo dia (28/05), em unidade da rede pública, em Candeias;

  • 1087º óbito – homem, 84 anos, residente em Itagibá, sem informações acerca de comorbidades. Sem informação sobre a data de internação, veio a óbito dia 18/05, em unidade da rede pública, em Ipiaú;

  • 1088º óbito – homem, 68 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus, doença cardiovascular e imunodeficiência. Internado dia 08/06, veio a óbito dia 10/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

  • 1089º óbito – mulher, 87 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 06/06, veio a óbito dia 11/06, em hospital da rede particular, em Salvador;

  • 1090º óbito – homem, 67 anos, residente em Salvador, portador de diabetes mellitus. Internado dia 21/05, veio a óbito dia 08/06, em hospital da rede pública, em Salvador;

  • 1091º óbito – mulher, 87 anos, residente em Santo Amaro, portadora de doença cardiovascular, foi internada dia 05/06 e veio a óbito dia 08/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

  • 1092º óbito – mulher, 81 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 09/06 e veio a óbito dia 10/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

  • 1093º óbito – mulher, 46 anos, residente em Ilhéus, portadora de hipertensão arterial. Internada dia 02/06, veio a óbito dia 07/06, em hospital da rede pública, em Ilhéus;

  • 1094º óbito – mulher, 87 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 31/05 e veio a óbito dia 11/06, em unidade da rede privada;

  • 1095º óbito – homem, 95 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença renal crônica, foi internado dia 27/05 e veio a óbito dia 09106, em unidade das Forças Armadas;

  • 1096º óbito – homem, 65 anos, residente em Salvador, portador de diabetes, hipertensão arterial, obesidade e doença renal crônica, foi internado dia 20/05 e veio a óbito dia 08/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

  • 1097º óbito – mulher, 91 anos, residente em Itabuna, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, veio a óbito dia 05/06, em unidade da rede pública, em Itabuna;

  • 1098º óbito – homem, 63 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internado dia 11/05 e veio a óbito dia 11/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

  • 1099º óbito – mulher, 69 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial e doença cardiovascular, foi internada dia 09/06 e veio a óbito dia 12/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

  • 1100º óbito – mulher, 75 anos, residente em Salvador, portadora de hipertensão arterial, diabetes e doença respiratória crônica, foi internada dia 04/06 e veio a óbito dia 08/06, em unidade da rede filantrópica, em Salvador;

  • 1101º óbito – homem, 81 anos, residente em Sobradinho, portador de neoplasias, foi internado dia 04/06 e veio a óbito dia 10/06, em unidade da rede pública, em Juazeiro;

  • 1102º óbito – mulher, 53 anos, residente em Teixeira de Freitas, sem informação de comorbidades, data de admissão não informada, veio a óbito dia 07/06, em unidade da rede pública, em Teixeira de Freitas;

  • 1103º óbito – homem, 86 anos, residente em Salvador, portador de hipertensão arterial e doença cardiovascular, data de admissão não informada, veio a óbito dia 11/06, em unidade da rede privada, em Salvador;

  • 1104º – mulher, 76 anos, residente em Juazeiro, portadora de hipertensão arterial, foi internada dia 28/05 e veio a óbito dia 31/05, em unidade da rede pública, em Juazeiro;

  • 1105º óbito – mulher, 66 anos, residente em Eunápolis, portadora de hipertensão arterial e diabetes, foi internada dia 06/06 e veio a óbito na mesma data (06/06), em unidade da rede pública, em Eunápolis.




Fonte G1 Bahia

Compartilhe !


Todos os direitos 

reservados ©

©2020 Por Alison Vasconcelos.