• A.V. Marketing e Publicidade

Anvisa autoriza farmacêutica dos EUA a realizar ensaio clínico de vacina contra a Covid-19.

Testes de uma vacina da Pfizer serão feitos em voluntários da Bahia e outros estados.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou que a empresa alemã BioNTech e a farmacêutica Pfizer realizem testes de uma vacina contra a Covid-19 no Brasil. A permissão foi publicada no Diário Oficial da União nesta terça-feira (21).

Esta é a terceira autorização concedida pela Anvisa para testes de vacinas da doença em humanos no país. Já são realizados estudos clínicos com as candidatas da Universidade de Oxford/AstraZeneca e da chinesa Sinovac – parceiras com a Fundação Oswaldo Cruz e com o Instituto Butantan, respectivamente.

  • Médica voluntária da vacina de Oxford se diz confiante e acredita estar vivendo 'evento histórico'

  • Vacina chinesa chega a SP e testes com voluntários devem começar nesta terça

Os testes estão a caminho da fase 2/3 (entenda mais abaixo) do Projeto Lightspeed, em que as empresas produzem a vacina chamada "BNT162". De acordo com a publicação da Pfizer, o produto usa o RNA anti-viral para imunização ativa contra a Covid-19. Além disso, a Pfizer informou que o estudo será conduzido em duas cidades brasileiras: em São Paulo, no CEPIC - Centro Paulista de Investigação Clínica; e na Bahia, na Instituição Obras Sociais Irmã Dulce.


Resultado de estudos prévios